Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Eu sou fogo.

Você que me vê e pensa que eu sou brisa, mar calmo de domingo de manhã, ou uma garoa de quinta a noite, não se engane.Não sou brisa; sou ventania e furacão.
Não sou marola; sou mar turbulento e tsunami.
Não sou garoa; sou tempestade.Se engana se pensa que minhas palavras são faíscas, porque eu sou fogo. Labareda.
Sou raio e o clarão no céu.Você que busca paz não pare no meu caminho, porque eu sou revolução e resistência.
Sou destruição para a construção de algo novo.
Sou o fim e o início.
A mudança e o caos que vem com isso.Eu quero as guerras, as lutas, porque sou feita de marcas de batalhas sangrentas.
E para qualquer um que aparecer para mim, saibam que sou terromoto.
Sou adrenalina.
Me alimento de minhas inseguranças e medos.
Sou feita para o mar revolto.
Sou feita de nervos de aço, olhos de águia e escorpiana dos pés à cabeça.Sou livre e dona de minha própria história.Não venha se acha que pode me tratar como segunda opção.Não nasci para ser coadjuvante. Sou heroína da minha vi…

Últimas postagens

Uma Ana.

Poesias Perdidas

O velho e o moço- Los Hermanos

Para a menina do coração azul.

I couldn't make you love me.